quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Minha liberdade termina onde começa a sua...


Contaram-me q esta história se passou num supermecado de Novo Hamburgo, cidade vizinha a minha...

Vésperas de final de ano, mercados lotados, filas imensas e consequentemente pessoas cansadas...
Já na fila do caixa um guri de mais ou menos uns cinco anos empurra o carrinho da mãe contra as pernas do senhor a frente, por várias vezes.
A mãe fingi não perceber e a situação se alonga por minutos até q o senhor não suportando mais chama a atenção da mãe.
Pede q ela converse com o guri, q peça q ele pare com aquilo ao q a mãe responde:
-Não vou chamar a atenção dele! Crio meu filho com l-i-b-e-r-d-a-d-e!
E a sessão de empurra-empurra segue...a indignação naquela fila é geral,
até q um senhor já de cabelos bcos sai do final da fila e tem na mão um ovo de galinha.
Ele chega bem perto da mãe do guri e o quebra em sua cabeça.
Exterica e com ovo lhe escorrengo pelos cabelos, rosto e etc...ela pergunta:
 -O senhor está louco????
Eis q ele responde calmamente:
-Não! Fui criado com LIBERDADE!
Todos aplaudem!!!
E a mãe abandona o carrinho e sai do mercado furiosa, levando pela mão seu filho.

Minha opinião:
Não concordo com nenhum tipo de agressão, seja fisica ou verbal mas nesta situção foi justo!
Como diz o ditado: Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

boa tarde!!

bjusss

3 comentários:

RH disse...

Adorei o blog
tbm tenho um: www.rhteen.blogspot.com
segue lá!
bj

Mariangela Souza disse...

Oi Dani, aquela cortina feita com o fundo de garrafas pet é linda né? Bom que gostou do Blog, seja bem vinda, sempre!
bj
Mariangela.

Mariangela Souza disse...

Oi Dani, aquela cortina feita com o fundo de garrafas pet é linda né? Bom que gostou do Blog, seja bem vinda, sempre!
bj
Mariangela.