quinta-feira, 4 de março de 2010

As coisas mais caras do mundo

Hoje fugindo há regra não vim postar croche mas sim uma msg que li no blog do pastor Geraldo Magela e de tão verdadeira quiz compartilhar com vcs.
Deixo aqui a dica de visitarem este blog além desta existem muitas outras postagens que nos fazem refletir sobre os outros,sobre nós mesmos e acima de tudo sobre o amor de Deus.
Um bjo e Deus os abençoe.
Dani
Segue a postagem:
A gente pensa que as coisas mais caras do mundo são
1) um grande hotel em Bumbai;
2) um avião luxuosamente mobiliado;
3) uma bolsa cravejada de jóias;
4) um pizza de caviar ou
5) um vinho do século XVII.
 Asseguro que não, apesar de a lista acima ser bem cara. As coisas mais caras do mundo são, na ordem que surge na minha cabeça:
1) Saúde. Tem gente que daria um avião para voltar a ... respirar sem sentir dores! 2) Nossa família. Tem gente que daria toda sua fortuna para ter um lar.
 3) A liberdade. Pergunte a um presidiários quanto ele daria se pudesse voltar a andar, livremente, na rua, ir ao shopping, etc.
4) A alma. Ela é tão valiosa que o diabo faz de tudo para conquistá-la.
5) A vida. Viver é um bem preciosíssimo. Quanto você acha que um moribundo daria por mais um dia de vida?
6) A alegria. Jesus perguntou: de que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a alma? Tem rico demais vivendo um inferno. Daria tudo para voltar a ser feliz, pastor! Já ouvi (e não foram poucas vezes!).
 7) A vida eterna. Essa não tem preço! Aliás, teve um preço formidável: o sangue de Jesus, o Filho de Deus.
Um conselho: ajunte tesouros no céus, onde nem a traça nem a ferrugem consomem e onde os ladrões não roubam. As coisas mais caras do mundo não podem ser quantificado. Podemos somente agradecer e deixar de ser otários, vivendo atrás dos cifrões oferecidos pelo idiotas deste mundo. 
Visite:

2 comentários:

ELISABETE- disse...

oi dani,concordo plenamente com sua postagem.é incrivel como o ser humano anda doido com inveja do visinho,faz mal ao visinho,mata-se a ponto de deixar as crianças crescerem na rua sem lei so para ganhar mais umas moedas que o visinho,quando o mais caro e o mais valioso pode estar ao nosso lado e nas coisas mais simples,mas com muito valor,como a amizade,amor o afecto,a parceria,a saude,a vida,e todas as coisas que vc nomeou.hoje mesmo pensei nisso,no nordeste de portugal numa pequena cidade chamada mirandela(eu nasci a 13 km de là)afogou-se um menino de 12 anos,atirou-se ao rio,pois a 2 anos que andava a ser agredido na escola por filhos de papas ricos,evidente que a escola veio logo falar de q nao sabiam de nada ,apenas tinham 2 queixas de 2 crianças que agrediram verbalmente um funcionario.hoje outro aluno veio afirmar que esse menino q se matou,no ano passado esteve internado no hospital por esse mesmo motivo.ou seja os pais,sabe-se là porquê,deixaram fazer o que os filhos quizeram,consequencia uma criança morta por abuso consecutivo dos colegas à jà 2 anos,pergunto-me serà que esses pais sabem o valor da vida e terao sabido ensina-la aos filhos.a vida e muita coisa mais nao tem preço mas ao mesmo tempo vale tao pouco infelizmente.vc que é uma mae preocupada,felicito-a minha querida,que deus a ilumine e a proteja a si e aos seus.bem haja.obrigada por seus valores morais coisa tao rara actualmente.desculpe se ja vou longa,mas ja deu para perceber que vc tem muito mas mesmo muito valor.continue.bravo.bjo

Vanessa de Oliveira disse...

Concordo Contigo...antigamente tinham bem minos bens e mais lazer...os filhos eram bem mais educados e a ganancia bem menor.
Visite o meu blog. "croche e muito mais"
Abrçaos
Vanessa