quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

PENSANDO NA VIDA....


Quem me conhece sabe que gosto muito de falar
e na mesma proporção de pensar.
E como tenho pensando últimamente...tenho pensando muito na minha vida e em mim mesma.
Uma das coisas que tenho pensando e na minha independência financeira, há muito não pensava nisso.
Acostumei a deixar as contas pro marido, a pedir dinheiro p ir ao mercado, p abastecer o carro, p pagar aquela minha continha q ficou do mês anterior...e por ai vai.
Não que eu seja completamente dependente dele, não é isso!Muito longe disso.
Trabalho desde meus 14 anos, tenho salário, pago minhas contas e até já juntei um dinheirinho que me proporcionou dar entrada no meu sonho de consumo( meu clio!)
mas...a gente acostuma depender do marido.
Há muito não me preocupo com as contas da casa, administro apenas.
E isso não é bom!!!

Nada nesta vida é definitivo e não posso depender de alguém que não de mim mesma, correto?
Trabalho e pretendo trabalhar durante muitos anos ainda,teve épocas em que sonhei em ficar em casa e depender exclusivamente dele..hoje não mais!

Penso neste momento em quem sabe fazer um curso que ainda não sei do que...mas são idéias para um novo ano, com novas idéias e novos conceitos de vida!!!

4 comentários:

Marcia Gullo disse...

Pois é amiga, eu trabalhei dos 14 aos 30, quer dizer, ganhei dinheiro, agora só trabalho... em casa... As contas e tudo mais fica por conta do Maridinho, fizemos esse acordo quando estava gravida da minha filha.... parei de trabalhar fora e fico só cuidando da casa e das demais coisas. Confesso que gosto muito disso....
Me sinto confortável nesse posição, as vezes me vem aquela saudade de ganhar minha graninha, mas graças a Deus a vontade passa logo,e volto a cuidar da minha casa e das pessoas que mais amo.
Um beijo querida e inté.

Marcia Gullo
www.blogdagullo.blogspot.com

ELISABETE- disse...

oi DANI CONCORDO CONSIGO,EU TAMBEM TRABALHO FORA,MAS APENAS COMECEI A 4 ANOS,NAO CONSIGO SER DEPENDENTE MAS CONTRIBUO UM POUQUINHO PARA A CASA,MAS ESTA SEMANA DEI POR MIM A PENSAR A MESMA COISA.NAO TEMOS A VIDA NEM O CASAMENTO NO SEGURO E POR ISSO MESMO,NADA MELHOR QUE DEPENDER-MOS DE NOS MESMAS.ESTAMOS A AMADURECER AMIGA,SERA OS 40(EU CLARO)ACHO QUE SIM,AH AH AH.BOA CONTINUAçAO.BJINHO

Rosana disse...

Oi Dani ,eu também já passei por isso trabalho desde 9 anos comecei entregando marmitas e sei o quanto é bom der independente,hoje em dia parei de trabalhar e estou tomando conta da muinha mãe não é meu sonho de consumo,mas tem coisas que não podemos nos negar de fazer ,faça seu curso seja lã do que for,seja independente ,ganhe seu dinheiro,faça suas vontades...todas se puder ,mas não deixe isso te afastar dos que mais amam,pois as vezes qdo queremos muito certas coisas esqueçemos de outras,boa sorte em suas decisôes,beijos Rosana

ARTES DA RÔ disse...

Olá! Dani! vá em frente e, sorte!
- as vezes deixamos, de viver as nossas vidas , pra cuidar de filhos, maridos, casa... aconteceu comigo, mas á alguns anos atras...
resolvi fazer cursos, e, hoje, sou costureira, artesã...... e.. sou bem mais feliz.
bjs
rose